sábado, 4 de setembro de 2010


"É preciso estar sempre embriagado.
Para não sentirem o fardo incrível do tempo,
que verga e inclina para a terra, é preciso que
se embriaguem sem descanso. Com quê?
Com vinho, poesia, ou virtude, a escolher.
Mas embriaguem-se."

[[Charles Baudelaire ]]

3 comentários:

  1. acho deliciosamente tentadora a ideia de embriagar-se. seja de um vinho bom, de poesia modernista, de papo gostoso, de sexo bem feito. concordo com o Baudelaire, mas também com o Frejat,afinal "embriagar-se é preciso, não importa que horas são".

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Embriagar-se, alterar o estado de consciência para criar mundos e visões ao nosso modo, mas a alma tem que estar plena de luz e livre para que não encontre visões fantasmagóricas e trevas de sí, de seu passado...Trevas e sombras...

    Eu me embriago de amor e prazer, e se algum dia as sombras me seguem, bebo-as e depois, vomito-as... É o que todo mundo deveria fazer" Não se sabe o estado interior, então, ao bebermos algo, não sabemos o efeito que isso terá em nós!

    Mas eu, eu me embiago é de amor! E de prazer e de vida! Vida! Vida!

    ResponderExcluir